Acessibilidade
Procurar

SNAQ

Comunicados

O chico espertismo (+)

O Direito é Nosso (+)

Aos Congressistas da UIC (+)

Comunicado REFER (+)

Comunicado à população de 9 de Outubro de 2014 (+)

Ferrovia em Portugal Retrocesso 1988-2012 (+)

Comunicado à população sobre "Borlas nos transportes" (+)

Notícias

Quebra do petróleo e turismo seguram saldo comercial (+)

Infrestruturas de Portugal limpam Linha da Beira Alta (+)

CP agrava prejuízos para 118,6 milhões de euros (+)

Tribunal de Contas aponta «falhas relevantes» na execução orçamental (+)

Outras Notícias (+)

Informação

Você está aqui: Inicío » Faça-se Sócio
Segunda, 24 Jun 2019

Infrestruturas de Portugal limpam Linha da Beira Alta

Enviar por E-mail Versão para impressão PDF

In Diário as Beiras de 31 de Agosto de 2015

 
Praias do Sado Linha CurvaA Infraestruturas de Portugal (IP) desenvolve várias ações de manutenção que, não incidindo especificamente sobre a via-férrea, concorrem para uma maior qualidade e fiabilidade do serviço prestado. Inscrevem-se neste contexto as ações de desmatação e poda de árvores, a limpeza de valetas e de passagens hidráulicas e a estabilização de taludes confinantes com a via-férrea.
 
A Linha da Beira Alta, particularmente vulnerável a ocorrências colaterais que originam penalizações às circulações, tem vindo a merecer especial atenção, razão pela qual está a ser desencadeada uma ampla intervenção abrangendo a desmatação de uma área superior a 190.000 m2 bem como a limpeza de 67.900 metros lineares de valetas e de 26 passagens hidráulicas, tendo em vista mitigar a deflagração e propagação de incêndios nos limites da linha de caminho-de-ferro, o risco de queda de árvores para a via-férrea, e a deterioração de taludes e da via por deficiente condução das águas pluviais.
 
Considerando o histórico de ocorrências na infraestrutura de catenária, onde uma parte significativa está relacionada com a queda de árvores ou ramos em dias com condições atmosféricas adversas, e como medida preventiva suplementar, têm sido igualmente notificados os confinantes para o abate e poda das árvores que coloquem ou possam colocar em perigo pessoas e bens dentro do canal ferroviário.
 
Comentário SNAQ:
O que era lana caprina há pouco tempo atrás; ou seja, o cumprimento do mínimo indispensável à manutenção da via férrea em condições de circulação em segurança; é agora apregoado como se de uma operação extraordinária e inovadora; nunca antes feita, se tratasse. Estamos em tempo de campanha – vale tudo.